Coletânea Seduction and Control, para uma imensa minoria!

Z22 Seduction and Control

Em 22 dezembro de 2020 foi lançada em Portugal a coletânea Seduction and Control, do selo Z22.

Para quem não conhece (não se preocupe se você nunca ouviu falar, este selo é realmente muito underground), Z22 é uma entidade em si mesma, um apanhado de ideias – o resultado do universo sonoro e paixão pela música de seu idealizador e dos anseios de uma comunidade muito unida de artistas e amantes das artes em torno dessa mesma energia. Não obstante, a Z22 está manifestada através de algumas iniciativas: um programa de rádio e podcast chamado Prece Nocturna, no qual é possível digredir pelas mais variadas nuances da cena underground mundial; um grupo muito ativo dentro do Facebook cujos membros trocam informações sobre passado, presente e futuro cena musical independente; e diversas outras ações as quais têm por objetivo levar a boa música underground para uma “imensa minoria” que sabe apreciá-la, segundo as palavras do seu progenitor.

Caracterizado por uma personalidade muito reservada, podemos descrever o mentor deste movimento como uma fusão entre Tony Wilson e John Peel, dotado de uma benevolência e generosidade raras.

Para este novo registro – o 27º lançado pela Z22 – constam obras de diversos artistas da prolífica e longeva cena post-punk/waves e afins portuguesa, figurando alcunhas conhecidas e estreantes. Destaque para nomes como Desolate Man, ET3R, The Dream Collision, NU:N, Morte Psíquica e The Black Archer – os quais já apareceram em outras compilações ou mesmo tiveram lançamentos próprios através do selo.

Uma curiosidade para o Brasil: pela quarta vez o projeto tupiniquim InAd MemoriaM aparece numa coletânea da Z22 – um forte indício para um vindouro álbum num futuro não tão distante, mas isso será assunto para outra matéria. Sua participação nesta coletânea está disponível para audição na Plainsong.io.


 https://plainsong.io/track/6rgjpqLMbO86v5G 

Se 2020 nos privou de estarmos em contato com as pessoas que amamos, ao menos serviu para inspirar muitos de nós a criar e contemplar diversas formas de arte. E, para quem se sente imerso nesse quase estado de suspensão diante de tantas incertezas, é bom saber que temos ao menos muitas canções novas para nos ajudar a lidar com as adversidades desses tempos ao expressarem os sentimentos que muitas vezes vão em nossas almas e não sabemos como externar. Canções que tocam e aquecem os corações de uma “imensa minoria”.

Z22 Seduction and Control

Z22 – Seduction and Control – 2020 – Tracklist:
01 – Vienna Light – Hipnose
02 – Lisboa Negra – Sangrar (outra vez)
03 – Broto Verbo – Altar
04 – InAd MemoriaM – Quid Pro Quo
05 – The Dream Collision – Heal
06 – Moving Coil – Under the Light of the Midday Sun
07 – ET3R – The Film
08 – Cello – Le Passager (Dub Mix 2002)
09 – Desolate Man – Um Homem Qualquer
10 – Andrew Jünger – Fear (all animals can scream)
11 – NU:N – Remember Me Ml (Oliver mix) featuring Oliver Heuer on vocals taken from the digital LP Remember Me
12 – Morte Psíquica – Heart and Soul (reissue)
13 – Vulto Violeta – Slide
14 – Karnnos – Thresholds (exiled version)
15 – The Black Archer – Pyongyang

Como já de tornou praxe nos lançamentos da Z22, Seduction and Control também esgotou mais rápido do que água fresca no deserto, o que significa sucesso comercial mesmo em um nicho tão específico para os aficionados por música independente.

Resta torcer por uma reedição ou ficar atento aos futuros lançamentos, pois pessoas sedentas por boa música é o que não falta.

Total
7
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Total
7
Share
0:00
0:00